Please Like Me – a série cool mais bem feita que você respeita
February 04, 2017 - Tags: Séries

Conheça-a-serie-Please-Like-Me--990x659

Josh é um rapaz no começo da faixa dos 20 anos que levava uma vida OK. Tinha uma namorada, fazia faculdade, morava com o seu melhor amigo  e era bancado pelo pai. Mas essa construção de final feliz não dura nem os primeiros minutos do primeiro episódio de Please Like Me. Tudo muda quando Claire, namorada de Josh, termina o namoro dizendo que ele era gay. Em seguida Josh descobre que sua mãe está internada em um hospital depois de tentar suicídio e, surpresa surpresa, ele fica com o primeiro menino da sua vida.

Please Like Me é uma série australiana que estreou em 2013, dirigida e roteirizada pelo protagonista Joshua Michael Thomas que mixa muito bem os elementos de drama e comédia, gerando um dos gêneros do cinema e da TV mais interessantes (e meu preferido): a “dramedia”. A série conta a história de Josh e seus relacionamentos com o pai, a ex, o melhor amigo, namorados, homossexualidade, homofobia e a mãe com problemas mentais.

É surpreendente como a cada episódio você não sabe se vai se sentir feliz ou melancólico. Joshua transita por romance, piadas de “humor inglês” e assuntos sérios como aborto, suicídio, depressão e ansiedade. O mais estranho é que o protagonista em si não é lá muito carismático, Josh parece receber tudo o que acontece a sua volta de maneira um pouco alheia e indiferente. Ele não dramatiza a situação de sua mãe estar doente nem de ter relações com um menino de sérios problemas psicológicos.

dd0c3e5e6f63ad31d757b3fd011599e3

Além disso, ele não é bonito e não consegue manter relações saudáveis com nenhum rapaz mas, de alguma forma, leva tudo com apatia  e a auto estima intacta e em certos momentos isso é irritante. Mesmo assim a série tem um clima magnético que deixa quase impossível eu não fazer maratona, mesmo com episódios seriamente pesados.

O que também é interessante em Please Like Me é ver o relacionamento que Josh tem com os pais. O criador mostra com humor e leveza as dificuldades dessa relação. Outro tema muito abordado é a dificuldade em achar o “tal do amor”, drogas, estabilização financeira e viver com a solidão que, já nessa fase, começa a se tornar parte da vida.

PLEASE LIKE ME

Fui ver a série pensando que seria uma comédia homossexual sem tensão, me surpreendi com os temas e profundidade de cada assunto, mas positivamente. A série preenche uma lacuna deficiente no baú das séries atuais e é isso que a faz ser genial e original.  Se está transitando pela Netflix sem saber o que ver, super recomendo.

 

 

Deixe um comentário